Garín: «A chave é manter-me humilde e ter os amigos de sempre»

Garín: «A chave é manter-me humilde e ter os amigos de sempre»

Por José Morgado - março 28, 2020
garin
Foto: Bruno Alencastro / Bola Amarela

Cristían Garín, de 23 anos, é uma das grandes figuras da temporada agora suspensa. Com dois títulos — um dos quais ATP 500 –, o chileno está top 5 da ATP Race para as Finals de Londres, mas nem por isso se coloca a si próprio num pedestal, assegurando ter noção daquilo que é mais importante: manter-se fiel a ele mesmo.

“Sempre mantive a minha vida igual. A chave tem sido essa. Manter-me humilde e ter os amigos de sempre. Sou muito estável dentro e fora de campo. O ténis está sempre na minha cabeça. Estou sempre focado em pensar sobre novas formas de melhorar diferentes aspetos do meu jogo. Tenho hoje em dia muito mais vontade de ganhar, de melhorar e de jogar do que nos tempos em que tinha pior ranking. O medo de perder encontros, de não defender pontos, está sempre cá, mas é um processo pelo qual todos passamos”, confessou o chileno, citado pelo ‘Punto de Break’.

Garín falou ainda da sua ambição para o que falta da época. “Quero sempre mais, mas nesta altura estou tranquilo e feliz com aquilo que tenho nesta altura. Tenho uma grande equipa por detrás de mim que partilha a minha visão, ambição e forma de estar. E isso é fundamental. Vamos continuar a trabalhar desta forma, a seguir esta linha e as coisas vão correr bem.”

José Morgado
Jornalista do Jornal Record e Comentador Sport TV. Ténis 24/7.