Garantia de quem joga nos dois lados: «Challengers são mais complicados que torneios ATP»

Garantia de quem joga nos dois lados: «Challengers são mais complicados que torneios ATP»

Por Nuno Chaves - dezembro 27, 2021

Ramkumar Ramanathan é um dos principais nomes do ténis indiano. O jogador de 27 anos compete, essencialmente,no circuito Challenger, ainda que aqui e ali faça alguns torneios ATP – chegou, por exemplo, à final do ATP 250 de Newport, este ano.

Por isso, Ramanathan tem mais do que experiência para falar dos dois ‘lados’ e uma coisa é certa: o atual 184.º do ranking mundial não tem dúvidas sobre a competitividade do circuito Challenger.

“Joguei tanto em Challengers como em ATP’s e a diferença não é muita. Os Challengers são mais complicados, se me perguntarem. O desejo de ganhar esses torneios é ainda maior para os jogadores”, admitiu ao The Times Of India.

“Por vezes, quando és cabeça-de-série num torneio ATP podes deixar-te levar se o teu adversário não for tão duro. Nos Challengers, o desafio e a luta é enorme”, concluiu, sem rodeios.

Nuno Chaves
Jornalista na TVI; Licenciado em Ciências da Comunicação na UAL; Ténis sempre, mas sempre em primeiro lugar.