Frederico Silva vira de set e vários breaks abaixo para voltar a ganhar num Grand Slam

Por José Morgado - janeiro 14, 2020
frederico-silva

Frederico Silva, o único tenista português da história a alguma vez ter conseguido ganhar um torneio de Grand Slam — dois, em pares juniores com Kyle Edmund — regressou esta terça-feira aos Majors com uma vitória rumo à segunda ronda do qualifying do Australian Open, o seu primeiro torneio desta categoria desde Wimbledon 2016, o único que havia jogado enquanto senior.

O tenista das Caldas da Rainha, de 24 anos, começou o seu dia a achar que iria defrontar o espanhol Enrique López Pérez, mas este desistiu horas antes do encontro e Kiko teve de defrontar e derrotar o sul-coreano Ji Sung Nam, número 241 ATP, por 2-6, 6-4 e 6-4, numa batalha de 2h32 na qual esteve a perder com break de atraso tanto no segundo como no terceiro sets.

Depois de uma vitória bem na garra, Frederico vai agora defrontar na segunda ronda o sérvio Pedja Kristin, que surpreendeu na primeira ronda do qualifying o antigo top 25 mundial Martin Klizan.

José Morgado
Jornalista do Jornal Record e Comentador Sport TV. Ténis 24/7.