Frederico Silva na final de um Challenger pela primeira vez na carreira

Frederico Silva na final de um Challenger pela primeira vez na carreira

Por José Morgado - novembro 28, 2020
frederico-silva-rolandgarros

Frederico Silva, de 25 anos, alcançou este sábado em São Paulo, no Brasil, uma das vitórias mais importantes da sua carreira, ao qualificar-se pela primeira vez na sua carreira profissional para a final de um torneio Challenger. O caldense, atual número 203 do ranking ATP e ex-top 10 mundial de juniores, tinha perdido as suas cinco meias-finais anteriores em torneios desta categoria.

Nas meias-finais deste sábado, Frederico Silva derrotou o brasileiro João Menezes, 204.º da hierarquia mundial, por 6-4 e 6-3, em 1h18, dando sequência a uma semana de grande qualidade, onde derrotou, entre outros, o antigo top 25 mundial Thomaz Bellucci na segunda ronda. Muito sólido e com excelente atitude durante todo o encontro, o tenista das Caldas da Rainha recuperou de 2-4 no primeiro e dominou as operações da partida a partir daí, não tremendo na hora de fechar diante de um rival motivado e a jogar perante o seu público (as autoridades permitiram a presença de 200 pessoas por dia na prova).

Na final do torneio brasileiro, Kiko vai defrontar mais um tenista da casa: Felipe Meligeni, de 22 anos e atual número 306 do ranking mundial, que tal como o português vai jogar a sua primeira final Challenger. Para já, Silva tem garantida a subida ao 183.º posto ATP. O caldense procura tornar-se este domingo no 10.º português da história a vencer um Challenger em singulares.

José Morgado
Jornalista do Jornal Record e Comentador Sport TV. Ténis 24/7.