Frederico Silva fica à porta do sonho do quadro principal em Roland Garros

Frederico Silva fica à porta do sonho do quadro principal em Roland Garros

Por Nuno Chaves - setembro 25, 2020
frederico-silva

Frederico Silva, número quatro português e 195.º colocado do ranking ATP, viu esta sexta-feira adiado o seu sonho de se qualificar para o quadro principal de um torneio de Grand Slam pela primeira vez na sua carreira, aos 25 anos.

O caldense que conquistou o título de pares juniores em Roland Garros na temporada de 2013, ao lado do britânico Kyle Edmund, regressou a Paris sete anos depois, à procura de um lugar entre a elite, mas acabou derrotado na ronda de acesso ao quadro pelo jovem checo Tomas Machac, de 19 anos e número  252 do ranking ATP, por 7-6(6) e 6-4, num encontro que se prolongou por 2h02 e que pelo meio foi interrompido devido à chuva.

Kiko esteve sempre dentro da discussão do embate e chegou a ter o ascendente do seu lado quando serviu para a vitória a 6-5 no primeiro set, altura em que chegou a ter um set point.

O quadro principal de Roland Garros contará com vários lucky losers, mas o ranking do português não lhe deverá permitir ter acesso ao sorteio para definição dessas vagas.

Nuno Chaves
Jornalista na TVI; Licenciado em Ciências da Comunicação na UAL; Ténis sempre, mas sempre em primeiro lugar.