Federer revela sentimento nos dois match points de Wimbledon 19'

Federer revela sentimento nos dois match points de Wimbledon 19′

Por Tiago Ferraz - julho 6, 2020
Federer-Wimbledon-Esquerda
Tennis – Wimbledon Preview – All England Lawn Tennis and Croquet Club, London, Britain – June 29, 2019 Switzerland’s Roger Federer during practice REUTERS/Tony O’Brien – RC1FE4B09670

O tenista suíço Roger Federer recordou um dos momentos mais difíceis da sua carreira que aconteceu, há pouco menos de um ano, quando teve dois match points a seu favor para a conquista do 21.º Grand Slam da carreira, mas acabou por desperdiçar.

“Para dizer a verdade, não tive muitos problemas. Obviamente que gostava de ter vencido nesse momento em vez de levar o encontro para as vantagens, mas a 40-40, continuas numa boa posição para ganhar. Nesses momentos, continuas a ter confiança nas tuas possibilidades, mas passa tudo muito rápido. Não nenhum momento em que me recorde de pensar: ‘Ui, terrível’. Continuei a pensar que estava numa boa posição para ganhar”, disse, citado pelo Punto de Break.

Roger Federer revela o momento em que se apercebeu que estava quase a ceder a final:

“Nos últimos três pontos, percebi que era muito difícil dar a volta ao marcador. Estou muito contente por ter feito parte desta final”, disse.

Recorde-se que o próprio Federer tinha admitido ter chorado no final do encontro épico diante de Novak Djokovic.

 

Tiago Ferraz
Jornalista de formação, apaixonado por literatura, viagens e desporto sem resistir ao jogo e universo dos courts. Iniciou a sua carreira profissional na agência Lusa com uma profícua passagem pela A BolaTV, tendo finalmente alcançado a cadeira que o realiza e entusiasma como redator no Bola Amarela desde abril de 2019. Os sonhos começam quando se agarram as oportunidades.