Federer deixa no ar que pode não voltar a jogar: «Se este for o fim, é incrível»

Federer deixa no ar que pode não voltar a jogar: «Se este for o fim, é incrível»

Por Nuno Chaves - dezembro 13, 2020
federer

Depois de ter deixado em dúvida a sua participação no Open da AustráliaRoger Federer voltou a disparar outra bomba, desta vez sobre o final da sua carreira.

O tenista de 39 anos, eleito melhor desportista da história da Suíça, deixou em aberto a possibilidade de… não voltar a competir. “Espero ainda poder jogar em 2021, mas se este for o fim, é incrível terminar com este prémio”, disse no seu discurso de vencedor.

Uma declaração encarada como uma autêntica bomba, até porque antes de ser eleito, Federer abordou os seus principais objetivos para a temporada que se segue… e até deixou em aberto a possibilidade de jogar em Roland Garros. “O meu principal foco está no verão para Wimbledon e os Jogos Olímpicos. Talvez ainda vá a Roland Garros…”, afirmou o helvético.

Federer justificou ainda o porquê de estar em dúvida para o Australian Open. “Adorava estar na Austrália mas vai ser muito à justa para o meu joelho. Não quero dar o próximo passo até estar pronto. Talvez as próximas três semanas me ajudem”, admitiu Federer.

 

Nuno Chaves
Jornalista na TVI; Licenciado em Ciências da Comunicação na UAL; Ténis sempre, mas sempre em primeiro lugar.