Federação espanhola pede alívio da quarentena: «Temos um jogador menor de idade»

Federação espanhola pede alívio da quarentena: «Temos um jogador menor de idade»

Por José Morgado - janeiro 21, 2021
alcaraz

A Real Federação Espanhola de Ténis emitiu esta quinta-feira um comunicado onde pede que as autoridades australianas aliviem as medidas de quarentena para os tenistas espanhóis que não podem sair dos seus quartos, nomeadamente os qualifiers masculinos Mário Vilella e Carlos Alcaraz.

Na mensagem, publicada em duas línguas, os espanhóis lembram que os tenistas não foram informados de que havia a possibilidade de ficarem completamente isolados e, ainda que percebendo a posição das autoridades locais, lembram que esta situação coloca em causa a saúde mental dos atletas. “Temos dois atletas, um deles menor de idade, fechados durante 14 dias tendo tido vários testes negativos. É claro que eles não vão ter as mesmas condições de preparação que os outros tenistas no quadro principal”.

A RFET deixa ainda um pedido direto. “Esperemos que a situação dos nossos dois jogadores seja resolvida pois eles são o foco da nossa preocupação”.

Ironicamente, a Federação espanhola ignorou por completo a sua jogadora feminina — Paula Badosa — que está na mesma situação e que esta quinta-feira… testou positivo para a covid-19, tornado-se na prova evidente da razão pela qual os australianos forçaram os jogadores a 14 dias de isolamento.

José Morgado
Jornalista do Jornal Record e Comentador Sport TV. Ténis 24/7.