Escândalo em Espanha: Marc e Feliciano Lopez suspeitos de viciarem resultados

Escândalo em Espanha: Marc e Feliciano Lopez suspeitos de viciarem resultados

Por Nuno Chaves - junho 18, 2019

O escândalo de viciação de resultados em Espanha não tem fim e parece que podem existir também no ténis. A polícia continua a investigar a Operação Oikos, que tem como base vários resultados combinados, em vários desportos, numa rede comandada pelos antigos futebolistas Carlos Aranda e Raúl Bravo (Bravo jogou, por exemplo, no Real Madrid).

Segundo o El ConfidencialFeliciano Lopez, antigo top 15 mundial e diretor do Masters 1000 de Madrid e Marc López, que conquistou uma medalha de ouro em pares com Rafa Nadal no Rio 2016, também estão suspeitos de terem perdido de propósito num encontro em Wimbledon 2017.

O jogo em questão foi frente a Patrick SmithMatt Reid, onde os espanhóis cederam por 6-3, 6-7, 2-6 e 4-6. Durante este encontro verificaram-se alterações suspeitas nas casas de apostas, algo que levou a que as mesmas acabassem por anular o evento.

De acordo com o El Confidencial, a Polícia espanhola tem uma conversa de Carlos Aranda com uma pessoa não identificada, onde terá dito, antes do começo do encontro, que os Lopez iriam perder o jogo que agora se encontra referenciado.

Recorde-se que Feliciano Lopez joga esta semana o ATP 500 de Queen’s quer em singulares, quer em pares, sendo que nas duplas tem ao seu lado… Andy Murray, que faz o tão aguardado regresso.

Nuno Chaves
Jornalista na TVI; Licenciado em Ciências da Comunicação na UAL; Ténis sempre, mas sempre em primeiro lugar.