Dois jogadores testam positivo na bolha de Melbourne no Australian Open

Dois jogadores testam positivo na bolha de Melbourne no Australian Open

Por Bola Amarela - janeiro 19, 2021
laver

Os problemas simplesmente não deixam de surgir no Australian Open. Depois de pelo menos três voos terem chegado a Melbourne com pessoas infetadas com Covid-19, agora surge o anúncio de que houve dois jogadores a testar positivo nas últimas 24 horas dentro da bolha. As autoridades sanitárias de Victoria confirmaram, no entanto, quatro resultados positivos para a doença provocada pelo novo coronavírus: dois jogadores, uma pessoa relacionada com os atletas e ainda outra pessoa que não está envolvida no torneio.

A notícia levou a que Brett Sutton, responsável máximo de saúde do estado de Victoria, viesse a público garantir que estes resultados fazem com que nenhuma medida possa atenuada. É o mesmo que dizer que os 72 jogadores em isolamento – entre eles, Frederico Silva – não vão mesmo poder treinar até fazerem 14 dias fechados no quarto.

“Estamos a investir para saber se estes casos são de disseminação viral, ou seja, de pessoas que já se contagiaram antes e foram curadas. O que quer dizer que a carga viral é baixa e talvez não contagiem, mas não vamos relaxar as quarentenas. Os três voos em que houve positivos devem seguir de baixo da nossa atenção e todos os passageiros vão ficar numa estrita quarentena”sustentou Brett Sutton.

Nesta altura, a suspeita é de que os resultados positivos sejam, de facto, de tenistas que já foram dados como curados, mas que ainda podem acusar a presença de resquícios do vírus. Foi esse o caso de Tennys Sandgren, que teve autorização para viajar, mesmo com resultado positivo, por esse motivo.

Bola Amarela