Djokovic sobre o Australian Open: «A meia-final e a final foram os melhores jogos que fiz na vida»

Por Nuno Chaves - 29 janeiro, 2019

Novak Djokovic foi o grande vencedor do Open da Austrália (conquistou o sétimo da carreira), depois de ter realizado exibições de enorme nível, em particular, nas meias-finais frente a Lucas Pouille e na final frente a Rafa Nadal, onde demonstrou uma clara superioridade.

Em declarações ao Eurosport após a conquista do troféu, o número um mundial reconheceu as boas prestações. “Fiquei um pouco surpreendido com o meu nível. Provavelmente, a meia-final e a final foram os melhores jogos que fiz na minha vida. Tive grandes prestações contra o Rafa no passado mas esta final deve estar no ponto mais alto”, admitiu o tenista de 31 anos.

Djokovic falou também da forma como lidou com a final e de ter no outro lado da rede o seu grande rival. “Deves aceitar a pressão e não tratá-la como um inimigo. É mais fácil dizer que fazer mas com todo este apoio que tive, ajudou-me muito. Tinha duas opções: centrar-me no jogo dele ou no meu. Optei por focar-me mais naquilo que podia fazer. Creio que foi a opção correta e a chave do jogo para mim”, frisou.

Nuno Chaves
Jornalista na TVI; Licenciado em Ciências da Comunicação na UAL; Ténis sempre, mas sempre em primeiro lugar.