Djokovic: «Quero ganhar o maior número de Grand Slams que conseguir»

Por José Morgado - 12 julho, 2019
djokovic-wimbledon

Novak Djokovic, número um mundial, é o primeiro tenista apurado para a final de singulares masculinos de Wimbledon 2019, depois de ter batido na primeira meia-final o espanhol Roberto Bautista Agut, em quatro sets. Enquanto Rafa Nadal e Roger Federer lutam por poder defrontá-lo, o sérvio de 32 anos passou pela sala de conferências de imprensa e redobrou as suas ambições em vésperas da sua sexta final no All England Club.

“A minha principal motivação é estar em court e desfrutar. Eu sei que é um clichê, mas sem isso os resultados não aparecem. Eu tenho feito o suficiente na minha carreira, mas não escondo que agora quero fazer história e colocar-me numa posição de ganhar o maior número de títulos do Grand Slam possível”, disparou o sérvio em declarações aos jornalistas.

Djokovic analisou ainda o duelo das meias-finais. “Estava longe de ser um encontro fácil para mim. Ele derrotou-me duas vezes este ano, sabia como fazê-lo e a certa altura este encontro poderia ter caído para qualquer um dos lados. Estou muito contente por ter jogado bem de forma a fazer que fosse eu a ganhar…”

José Morgado
Jornalista do Jornal Record e Comentador Sport TV. Ténis 24/7.