Djokovic: «Quando parto uma raquete sinto-me aliviado, a pressão desaparece»

Por Nuno Chaves - outubro 14, 2018

Novak Djokovic está a viver um dos melhores momentos dos últimos tempos, com a conquista dos últimos três grandes títulos do circuito mundial. Ainda assim, por estranho que pareça, o sérvio viveu tempos muito complicados no início de 2018 e, por vezes, para aliviar a frustração quer nesse período, quer durante toda a carreira, o vencedor de 14 títulos do Grand Slam opta por… partir a raquete.

Nole explicou que partir uma raquete depende de pessoa para pessoa. “Individualmente, depende do jogador, depende se a pessoa tem mais temperamento. Depende como lidas contigo mesmo, como reages a partir uma raquete”.

Quanto a si mesmo… “No meu caso, tenho parado de fazer isso. Não o faço com tanta frequência, o que é bom para o meu treinador. Mas quando parto uma raquete, sinto-me aliviado. Sinto que a pressão desaparece, mas é um pouco embaraçoso, por isso, tento manter a postura”, afirmou o novo número dois mundial.

Nuno Chaves
Jornalista na TVI; Licenciado em Ciências da Comunicação na UAL; Ténis sempre, mas sempre em primeiro lugar.