Djokovic: «Número um garantido? Tira-me pressão mas quero ganhar as ATP Finals»

Djokovic: «Número um garantido? Tira-me pressão mas quero ganhar as ATP Finals»

Por Nuno Chaves - novembro 14, 2020
djokovic-finals
Foto: ATP Tour

Novak Djokovic, número um mundial, estreia-se na segunda-feira nas ATP Finals, prova que procura conquistar pela sexta vez na carreira, igualando o recorde que pertence a Roger Federer.

O sérvio esteve presente no Media Day desta sexta-feira e admitiu na maior liberdade que sente por ter garantido a liderança do ranking até final do ano. “É certo que ter assegurado o número um me tira alguma pressão mas não muda o meu objetivo que é ganhar o título. Vim para ganhar todos os jogos, quero outro troféu e a verdade é que tenho muita fé em mim mesmo devido ao sucesso que tive neste torneio nos últimos anos”, confessou em conversa com os jornalistas.

Djokovic, que está no Grupo Tóquio com Daniil MedvedevAlexander Zverev Diego Schwartzman, fez uma análise aos seus adversários. “Diria que tanto o Medvedev como o Zverev chegam na melhor forma possível ao torneio. Ganharam muitos jogos nas últimas semanas e estão com confiança. A altura e serviço que têm ajudam-lhes muito mas também têm respostas sólidas e uma grande direita.”

“O Schwartzman é um dos jogadores mais rápidos do circuito, muito sólido em todas as suas pancadas e é um grande competidor. Nunca jogámos nestas condições, nunca jogou este torneio mas pode ir bem já que não tem pressão, não tem a obrigação de ganhar jogos. Respeito-o muito e está na melhor temporada da carreira”, concluiu.

Nuno Chaves
Jornalista na TVI; Licenciado em Ciências da Comunicação na UAL; Ténis sempre, mas sempre em primeiro lugar.