Djokovic GANHA luta em tribunal mas governo estuda usar poder... que o bane por três anos

Djokovic GANHA luta em tribunal mas governo estuda usar poder… que o bane por três anos

Por Bola Amarela - janeiro 10, 2022

Novak Djokovic vê a luz ao fundo do túnel, mas esta ainda se pode vir a apagar. Porquê? É que o sérvio venceu a batalha em tribunal contra o governo australiano, com o juiz Anthony Kelly a considerar que “não foi razoável” terem anulado o visto do número um do mundo por apontar que era impossível o sérvio ter feito mais alguma coisa para garantir a sua entrada no país. Por isso mesmo, anulou essa ordem de deportação e ordenou que Djokovic fosse libertado meia hora depois de terminar uma muito longa audiência por vídeo-chamada.

No entanto, o que parece ser uma claríssima vitória de Djokovic… afinal pode virar uma derrota ainda pior. É que no final dessa mesma audiência, Christopher Tran, o representante do governo australiano, revelou que o Ministro da Imigração, Alex Hawke, vai agora considerar utilizar um poder pessoal – que se sobrepõe à decisão judicial – para retirar novamente o visto ao sérvio, mas com maiores consequências. É que se o fizer e essa ‘sentença’ prevalecer, Djokovic fica automaticamente banido de entrar na Austrália por três anos.

“Eu não posso pretender interferir no exercício válido de um ministro no poder executivo”, afirmou o juiz Anthony Kelly, que durante toda a audiência foi mostrando sinais de estar inclinado para anular o visto. Basta atestar que ouviu os representantes de Djokovic por mais de três horas e os do governo durante cerca de meia hora. Ainda assim, e voltando ao poder pessoal que Hawke pode usar, Kelly afirmou que o tribunal quer ser informado sobre se esse poder será exercido para banir Djokovic e afirmou que a decisão pode ser alvo de recurso.

Nota ainda para a razão que levou o juiz a anular a ordem de deportação. Para Anthony Kelly, Djokovic não teve tempo suficiente para dar resposta aos oficiais de fronteira depois de estes o notificarem que iam anular o seu visto. Foi essa base para que fosse ordenado que Djokovic fosse libertado do Park Hotel, bem como ressarcido das despesas legais pelo governo. Resta agora se Alex Hawke vai avançar com o uso do poder pessoal.

Bola Amarela