Djokovic: «É óbvio que tenho menos descanso do que o Nadal»

Por José Morgado - 19 maio, 2019

Novak Djokovic, número um mundial, defronta este domingo a partir das 15 horas de Portugal Continental o espanhol Rafael Nadal, segundo do ranking, na grande final do ATP Masters 1000 de Roma. Como já é tradição, a jornada de meias-finais foi realizada em sessões separadas, o que faz com que um jogador tenha tido mais horas de descanso do que o outro e, neste caso, foi Djokovic a sair ‘prejudicado’.

“Veremos como é que os diferentes horários me vão afetar. Neste momento não sei, mas é óbvio que tenho menos descanso do que o Nadal. Não é a primeira vez isto me acontece, já vivi esta situação e sinto-me pronto para tentar recuperar o mais rapidamente possível, mas tenho jogado muito mais horas do que o Rafa”, disparou Djokovic em conferência de imprensa.

O sérvio de 31 anos admitiu ainda o quão desafiante é defrontar Nadal em terra batida. “Tenho muito respeito por ele. É o maior rival da minha carreira, certamente. Temos muitos encontros jogadores, é a maior rivalidade da história do ténis em termos de número de encontros e jogar contra ele é sempre um desafio absolutamente extremo.”

José Morgado
Jornalista do Jornal Record e Comentador Sport TV. Ténis 24/7.