Djokovic: «Claro que olhei para o quadro mas só me preocupo com a primeira ronda»

Djokovic: «Claro que olhei para o quadro mas só me preocupo com a primeira ronda»

Por Pedro Gonçalo Pinto - maio 20, 2022

Tal como qualquer outro tenista, Novak Djokovic não consegue ignorar o sorteio de um Grand Slam. Questionado sobre o facto de poder enfrentar Rafael Nadal logo nos quartos-de-final de Roland Garros, o número um do Mundo garantiu que não pensa nisso, mas falou sobre muito mais na sua conferência de imprensa de lançamento do segundo Grand Slam da temporada.

SORTEIO

“Sim, olhei para o sorteio. Acho que todos os jogadores olham para o quadro inteiro e estudam-no. Mas só me preocupo com a primeira ronda. Claro que é uma metade superior muito dura, mas não podemos fazer nada quanto a isso. É o que é. Só estou a pensar em começar o torneio bem contra Nishioka e partir daí”

FAVORITOS

“Quando se fala em favoritos em Roland Garros e em terra batida, Nadal tem de estar sempre no topo por causa dos seus recordes. Depois temos Alcaraz, que tem sido a história do ténis masculino nos últimos quatro ou cinco meses e com razão. Cresceu imenso no ranking e os resultados são fenomenais para alguém da idade dele.

AS SUAS HIPÓTESES

“Sinto que sou sempre candidato a lutar por qualquer troféu do Grand Slam. Acredito nas minhas próprias capacidades para chegar longe e lutar por um dos troféus mais prestigiados no mundo do ténis. Como campeão em título ainda mais, para acreditar que posso ganhar de novo. Reviver as memórias do ano passado é algo que me dá pele de galinha e motivação para replicar isso”

A SUBIR DE FORMA

“Não posso falar pelos outros jogadores, mas historicamente tenho precisado de vários torneios em terra batida para me sentir realmente confortável. Raramente me senti no meu melhor no primeiro ou segundo torneio em terra da época. Foi assim este ano de novo. Foram mais do que dois torneios para sentir que estou nível desejável. Consegui isso em Roma. Não perdi um set e ganhei o torneio. Chegou realmente no tempo certo”

Pedro Gonçalo Pinto
Comentador Sport TV e ligado ao Jornal Record. Ténis acima de tudo.