Djokovic: «Boicote a Wimbledon é muito agressivo, há soluções melhores»

Djokovic: «Boicote a Wimbledon é muito agressivo, há soluções melhores»

Por Pedro Gonçalo Pinto - maio 18, 2022

Novak Djokovic não hesita em condenar a decisão que Wimbledon tomou de banir os tenistas russos e bielorrussos da edição de 2022. No entanto, o número um do Mundo não concorda com uma possibilidade que já foi avançada por entre alguns rumores: a de haver um boicote ao Grand Slam britânico perante o impedimento de russos e bielorrussos.

“Os atletas estão cá para fazer desporto. Se os expulsamos do desporto apenas porque vêm de um determinado país, então é uma má decisão. Temos de ter comunicação com Wimbledon. Não estou envolvido na política dos jogadores como há dez anos e não falo com os representantes de Wimbledon, mas disseram-me que são muito duros”, destacou.

Quanto ao referido boicote, Djokovic não acredita que o caminho seja esse. “Boicote a Wimbledon é muito agressivo, há outras soluções que são muito melhores”, destacou o sérvio, que vai defender o título no All England Club.

Pedro Gonçalo Pinto
Comentador Sport TV e ligado ao Jornal Record. Ténis acima de tudo.