Djokovic alcança 700 semanas no top 10 mas precisa de cinco anos para bater recorde

Djokovic alcança 700 semanas no top 10 mas precisa de cinco anos para bater recorde

Por Pedro Gonçalo Pinto - setembro 21, 2021

Esta semana fica marcada por (mais) um registo histórico que Novak Djokovic alcança. O número um do mundo, dono de 20 títulos do Grand Slam, alcançou as 700 semanas dentro do top 10 do ranking ATP, tornando-se apenas no quinto jogador da história a alcançar essa marca redonda.

Djokovic junta-se a Andre Agassi (747), Jimmy Connors (816), Rafael Nadal (835) e Roger Federer (965), sendo que os dois da frente continuam a acrescentar semanas ao seu total, mesmo que estejam de fora até ao final da temporada pelo menos. Ora, fazendo contas, Djokovic está a 265 semanas do recorde absoluto do suíço, o que significa que terá de continuar no top 10 pelo menos durante mais cinco anos e mesmo isso pode não ser suficiente caso o campeoníssimo consiga manter-se nos dez primeiros.

Pedro Gonçalo Pinto