Djokovic: "A recuperação do joelho é um dos maiores feitos da minha carreira"

Djokovic: “A recuperação do joelho é um dos maiores feitos da minha carreira”

Por José Morgado - julho 11, 2024
djokovic-tc

Novak Djokovic teve um dia de folga inesperado em Wimbledon, ao ver o seu adversário Alex De Minaur desistir e não entrar em quadra nas quartas de final do Grand Slam inglês, mas passou pelos estúdios do ‘Tennis Channel’ para uma entrevista muito interessante, onde abordou a sua recuperação impressionante da operação no joelho direito. O sérvio de 37 anos considera que foi um dos maiores feitos… da sua carreira.

“É seguramente um dos maiores feitos da minha carreira. Estar ali no top 3. Me Lesionei nas oitavas de final no meio do jogo em Roland Garros. Parte do menisco teve que ser retirado e decidi com a minha equipe que devia ser operado no dia seguinte que desisti do torneio. A razão pela qual tomei essa decisão é porque fui aconselhado pelos médicos de ortopedia que conheço que devia ter sido operado e que o tempo de recuperação seria muito menor do que se não fosse operado”, confessou o sérvio.

Djokovic revelou ainda ter se aconselhado… com Taylor Fritz. “Falei com o Taylor Fritz que foi muito simpático e me explicou o seu caso que foi exatamente igual ao meu, a mesma operação e o mesmo tempo de recuperação. Ganhei mais confiança depois de falar com ele. Inicialmente não pensava em Wimbledon, mas tive uma grande ajuda da minha equipe e de especialistas e as coisas correram bem.”

Leia também:

Apaixonei-me pelo ténis na épica final de Roland Garros 2001 entre Jennifer Capriati e a Kim Clijsters e nunca mais larguei uma modalidade que sempre me pareceu muito especial. O amor pelo jornalismo e pelo ténis foram crescendo lado a lado. Entrei para o Bola Amarela em 2008, ainda antes de ir para a faculdade, e o site nunca mais saiu da minha vida. Trabalhei no Record e desde 2018 pode também ouvir-me a comentar tudo sobre a bolinha amarela na Sport TV. Já tive a honra de fazer a cobertura 'in loco' de três dos quatro Grand Slams (só me falta a Austrália!), do ATP Masters 1000 de Madrid, das Davis Cup Finals, muitas eliminatórias portuguesas na competição e, claro, de 13 (!) edições do Estoril Open. Estou a ficar velho... Email: josemorgado@bolamarela.pt