De reviravolta em reviravolta, Djokovic chega em Belgrado à primeira final do ano

De reviravolta em reviravolta, Djokovic chega em Belgrado à primeira final do ano

Por Pedro Gonçalo Pinto - abril 23, 2022

Parece que Novak Djokovic gostou da sensação de dar a volta ao marcador em Belgrado. É que o número um do Mundo voltou a utilizar a mesma fórmula, desta feita contra Karen Khachanov, para se apurar para a sua primeira final do ano, e logo a jogar em casa, no Novak Tennis Center.

Nole carimbou o passaporte para o encontro decisivo ao triunfar com os parciais 4-6, 6-1 e 6-2, em mais um duelo que fez de trás para a frente, tal como contra Laslo Djere e Miomir Kecmanovic, embora agora com menos drama. O sérvio entrou com dúvidas, foi quebrado bem cedo e até evitou um duplo break, perante um Khachanov autoritário. No entanto, foi crescendo e ainda teve um break point a 4-5, mas o russo defendeu-se e selou o primeiro parcial.

Daí para a frente… só deu Djokovic. O líder do ranking mundial mostrou-se absolutamente intratável, elevou o nível e Khachanov pareceu perdido em court, sem conseguir reencontrar o nível com que tinha entrado. Desta maneira, Nole vai à procura também do primeiro título em 2022, ficando à espera de Andrey Rublev ou Fabio Fognini.

Pedro Gonçalo Pinto
Comentador Sport TV e ligado ao Jornal Record. Ténis acima de tudo.