De Minaur e a grande caminhada no US Open: «Não me sentia bem»

De Minaur e a grande caminhada no US Open: «Não me sentia bem»

Por Bola Amarela - janeiro 24, 2021
de-minaur

Alex De Minaur já é um dos campeões de 2021, ao ter conquistado o título em Antalya. No entanto, um dos principais feitos da carreira do australiano, de 21 anos, até agora, aconteceu em 2020. O ‘Demon’ chegou aos quartos-de-final do US Open, naquela que foi a sua melhor prestação de sempre num torneio do Grand Slam. Bem, pelo menos no papel. Porque a verdade é que De Minaur não ficou convencido.

“2020 foi um ano difícil. Claro que tive o meu melhor resultado num Slam, mas não sinto que tenha sido o meu maior feito. Ainda foi uma fase complicada. Não me estava a sentir bem. Era mentalmente… Não foi a melhor performance a nível mental, diria. Acabei por conseguir alguns bons encontros e tive o melhor resultado”, começou por referir o 21.º do ranking à ‘ABC News Australia’.

Certo é que isso lhe deu ainda mais vontade de fazer de 2021 um ano histórico para a sua carreira. “Tinha muitas expectativas para 2020 e isso aumentou a fome para que 2021 seja ainda melhor. Tenho o objetivo de onde quero estar quando acabar 2021, mas não digo em voz alta. Quero lutar para subir no ranking, chegar ao fim das semanas e lutar com os melhores. É onde acredito que devo estar e onde quero estar. Vou fazer tudo o que puder!”, garantiu.

Bola Amarela