De Minaur contra mudanças no ténis: «Grand Slams a 5 sets é algo bonito»

De Minaur contra mudanças no ténis: «Grand Slams a 5 sets é algo bonito»

Por Tiago Ferraz - dezembro 4, 2020
Alex-De-Minaur
Rolex Paris Masters

O jovem tenista australiano Alex De Minaur deu uma entrevista ao site espanhol ‘Punto de Break’ onde falou do ano de 2020 que foi “muito difícil”:

“Foi um ano muito difícil. Além da questão da Covid-19, lesionei-me no início da temporada e isso foi algo muito complicado. Nós estamos habituados a viajar continuamente e não estava três semanas fechado em casa durante muito tempo e nesse sentido estar três meses fechado é muito tempo. Também sei que houve gente que esteve muito mal, mas para mim foi estranho para o meu corpo e para a minha mente”, ressalvou.

Alex De Minaur falou ainda das grande mudanças que têm sido faladas para o mundo do ténis, em especial nos torneios do Grand Slam:

“Há coisas que fazem com que o ténis seja especial e os Grand Slams a cinco sets é um exemplo disso mesmo. É algo muito bonito. A questão é que as pessoas não querem ver encontros de cinco horas, mas não sei qual é a solução. Devemos distinguir a questão do ténis ser uma modalidade para os espetadores ou para os tenistas. Agora estão a começar a fazer coisas diferentes, mas não sei se estou completamente de acordo com elas. O espetador gosta de ver algo diferenciado, mas eu ficava com o ténis tal como ele está agora”, disse, citado pelo Punto de Break.

Recorde-se que quem está contra esta visão de Alex De Minaur é o britânico Andy Murray que afirma que não se imaginava a ver um encontro à melhor de cinco sets.

Tiago Ferraz
Jornalista de formação, apaixonado por literatura, viagens e desporto sem resistir ao jogo e universo dos courts. Iniciou a sua carreira profissional na agência Lusa com uma profícua passagem pela A BolaTV, tendo finalmente alcançado a cadeira que o realiza e entusiasma como redator no Bola Amarela desde abril de 2019. Os sonhos começam quando se agarram as oportunidades.