Daniil Medvedev: «Quando era miúdo odiava o Federer»

Por José Morgado - 17 junho, 2019

A grande maioria dos tenistas da nova geração do ténis mundial tem em Roger Federer… um ídolo, tendo crescido a admirar e torcer pelo suíço, mas há algumas exceções. Daniil Medvedev, de 23 anos e atualmente no 14.º posto do ranking mundial, admitiu esta segunda-feira no Queen’s Club, depois de vencer o seu encontro da primeira ronda da prova, que torcia sempre contra o campeoníssimo suíço quando era jovem.

“Quando eu tinha 10 anos, 12 anos odiava o Roger. Estava farto de vê-lo ganhar e torcia a favor de todos os adversários dele desde as primeiras rondas. Eu sempre fui assim. Quando o Barcelona ganhava tudo no futebol e puxava sempre contra eles. Queria sempre que perdessem todos os encontros”, admitiu o russo, que assume ter uma mentalidade totalmente diferente agora. “Agora penso mais em mim. Estou focado nos meus encontros, nas minhas coisas. Não quero saber se quem ganhou Roland Garros foi o Rafa Nadal, o Novak Djokovic ou o Roger Federer, a única coisa que me chateia é ter perdido na primeira ronda.”

Medvedev falou ainda das palavras de Boris Becker, que criticou a nova geração de tenistas por não conseguir desafiar os tenistas consagrados. “São outros tempos. Agora um tenista com 37 anos como o Roger Federer consegue recuperar de um encontro de cinco sets e jogar dois dias depois. As técnicas de recuperação estão muito mais evoluídas…”

José Morgado
Jornalista do Jornal Record e Comentador Sport TV. Ténis 24/7.