Como fica o top 10 ATP depois de desaparecem os pontos de Wimbledon

Como fica o top 10 ATP depois de desaparecem os pontos de Wimbledon

Por Pedro Gonçalo Pinto - junho 26, 2022

Os tenistas já sabem que, façam o que fizerem, vão perder todos os pontos que tinham amealhado em Wimbledon. Ninguém poderá defender o que conquistou para o ranking, tendo em conta a decisão tomada pela ATP e pela WTA, sendo que Novak Djokovic é o mais prejudicado, uma vez que deixa escapar dois mil pontos.

Fizemos as contas e aqui apresentamos o top 10 depois de Wimbledon, já sem os pontos que estão previstos sair dos totais das estrelas. Entre os que aqui não surgem, Matteo Berrettini desliza para 15.º, Denis Shapovalov para 23.º e Marton Fucsovics, quarto-finalista em 2021, para… 98.º. Já João Sousa mantém o 60.º lugar que irá ocupar esta semana e Nuno Borges sobe 10 lugares para 113.º.

TOP 10 ATP DEPOIS DE WIMBLEDON

1 – Daniil Medvedev (=) – 7.775 pontos
2 – Alexander Zverev (=) – 6.850 pontos
3 – Rafael Nadal (+1) – 6.165 pontos
4 – Stefanos Tsitsipas (+1) – 5.150 pontos
5 – Casper Ruud (+1) – 5.050 pontos
6 – Carlos Alcaraz (+1) – 4.845 pontos
7 – Novak Djokovic (-4) – 4.770 pontos
8 – Andrey Rublev (=) – 3.870 pontos
9 – Felix Auger-Aliassime (=) – 3.445 pontos
10 – Jannik Sinner (+3) – 3.185 pontos

Pedro Gonçalo Pinto
Comentador Sport TV e ligado ao Jornal Record. Ténis acima de tudo.