Collins atropela Swiatek e garante primeira final da carreira num Grand Slam

Collins atropela Swiatek e garante primeira final da carreira num Grand Slam

Por Nuno Chaves - janeiro 27, 2022
epa09712013 Danielle Collins of the USA gestures after winning the first set during her Women’s singles semifinal against Iga Swiatek of Poland at the Australian Open Grand Slam tennis tournament at Melbourne Park, in Melbourne, Australia, 27 January 2022. EPA/DAVE HUNT AUSTRALIA AND NEW ZEALAND OUT

Danielle Collins, número 30 mundial, qualificou-se para a final do Australian Open, naquela que é a sua primeira num torneio do Grand Slam e garantiu ainda a sua entrada no top 10 na próxima atualização do ranking mundial.

A tenista de 28 anos realizou uma exibição impressionante e não deu a mais pequena hipótese a Iga Swiatek, impondo-se com uns expressivos 6-4 e 6-1, ao cabo de 1h20 minutos de jogo.

Collins dominou todos os capítulos do encontro, fez mais ases (7-1), mais winners (26-11) e cilindrou por completo o segundo serviço da polaca: Swiatek venceu apenas 14% dos pontos com essa pancada.

O único momento onde a número sete mundial ameaçou uma recuperação foi no primeiro set. Perdia por 2-5, salvou três set points, ainda reduziu para 4-5 mas a norte-americana acabaria mesmo por fechar.

A partir daí, Swiatek desapareceu por completo do encontro e Collins dominou a seu belo prazer o rumo das operações. Na luta por um inédito título do Grand Slam, Collins vai ter pela frente a número um do mundo Ash Barty.

Nuno Chaves
Jornalista na TVI; Licenciado em Ciências da Comunicação na UAL; Ténis sempre, mas sempre em primeiro lugar.