'Cincinnati': Azarenka continua em grande e garante primeira meia-final em 16 meses

‘Cincinnati’: Azarenka continua em grande e garante primeira meia-final em 16 meses

Por Nuno Chaves - agosto 26, 2020

Victoria Azarenka, antiga número um mundial, parece ter regressado com tudo ao circuito após a pausa provocada pela pandemia da Covid-19.

A bielorrussa, atual número 59 do mundo, qualificou-se esta quarta-feira para as meias-finais do WTA de Cincinnati, após derrotar a tunisina Ons Jabeur por 7-6(9) e 6-2, em 1h45 minutos de jogo.

Tal como o resultado indica, a chave do encontro esteve no primeiro set. Nesse parcial, Jabeur esteve com break acima em três ocasiões e, numa delas, com serviço a 5-4 para fechar o set. Azarenka sobreviveu, salvou dois set points e o duelo seguiu para o tie-break.

Aí, Jabeur dispôs de mais dois set points, Vika salvou-os e fechou o parcial apenas à quinta oportunidade.

Pela primeira vez desde Monterrey, em abril de 2019, Azarenka garante a presença numa meia-final mas esta é a mais importante desde março de 2018 (Miami). A sua próxima adversária vai sair do encontro entre Johanna Konta Maria Sakkari.

Nuno Chaves
Jornalista na TVI; Licenciado em Ciências da Comunicação na UAL; Ténis sempre, mas sempre em primeiro lugar.