Bob Bryan: «Se não jogasse com o meu irmão gémeo, gostava de fazê-lo com o Federer»

Por José Morgado - dezembro 10, 2019
federer-xangai

Bob Bryan, que aos 41 anos se prepara para jogar a última época da sua lendária carreira ao lado do gémeo Mike, revelou esta terça-feira que sempre desejou ter a experiência de competir na variante de pares ao lado… de Roger Federer, de 38 anos.

“Defrontei o Roger Federer sete ou oito vezes na variante de pares. Ele tem um jogo perfeito para a variante. Excelente técnica, boa leitura, ótimas transições. Se não jogasse com o meu irmão gémeo, gostava de fazê-lo com o Roger um dia, mas penso que já não vai acontecer”, assumiu desiludido.

É que Bob Bryan vai retirar-se em agosto de 2020, no US Open, que será o último torneio da melhor dupla da história.

José Morgado
Jornalista do Jornal Record e Comentador Sport TV. Ténis 24/7.