Barty elimina Sharapova e é a primeira australiana nos ‘quartos’ desde 2009

Por José Morgado - 20 janeiro, 2019

Ashleigh Barty, número 15 do ranking mundial e grande esperança do ténis da casa para um título no Australian Open, garantiu este domingo um dos melhores resultados da sua carreira,  ao apurar-se pela primeira vez para os quartos-de-final de um Major em singulares, depois de múltiplas presenças em fases decisivas — com um título — na variante de pares.

A jovem de 22 anos, que ainda em teenager deixou o ténis para jogar críquete, antes de voltar, derrotou nos oitavos-de-final a russa Maria Sharapova, antiga número um do ranking mundial e campeã deste torneio em 2008, por 4-6, 6-1 e 6-4, em 2h22 de duelo. A russa entrou mais sólida e venceu a primeira partida, mas depois sofreu um apagão absoluto, com erros de todos os lados do court, perdendo mesmo nove jogos seguidos. Sharapova ainda lutou até ao fim, reencontrando o seu nível, mas já não foi a tempo de dar a volta e Barty fechou ao quarto match point.

Barty vai defrontar nos quartos-de-final a checa Petra Kvitova, quinta do ranking WTA, numa reedição da (fantástica) final de Sydney, há pouco mais de uma semana, ganha pela checa em três partidas.

José Morgado
Jornalista do Jornal Record e Comentador Sport TV. Ténis 24/7.