Badosa e Sabalenka sobrevivem a testes difíceis e Pliskova é eliminada

Badosa e Sabalenka sobrevivem a testes difíceis e Pliskova é eliminada

Por José Morgado - abril 21, 2022

Paula Badosa, número três do Mundo, e Aryna Sabalenka, quarta classificada, sobreviveram esta quinta-feira com muita dificuldade aos seus encontros de estreia no fortíssimo WTA 500 de Estugarda, na Alemanha.

A espanhola precisou de 2h31 para derrotar  a cazaque Elena Rybakina, 19.ª WTA, por 6-2, 4-6 e 7-6(4), confirmando o seu impressionante registo de tie-breaks, e agora vai defrontar a tunisina Ons Jabeur (10.ª), que eliminou a russa Daria Kasatkina (27.ª), por 6-3 e 6-3.

Já Sabalenka, que tem feito uma época fraca, está  à procura de reencontrar o seu nível e deu um passo importante nesse sentido ao bater a regressada canadiana Bianca Andreescu, campeã do US Open em 2019, por 6-1, 3-6 e 6-2, num encontro também ele bem duro.

Quem voltou a tropeçar foi a checa Karolina Pliskova, sétima do Mundo, que ainda não conseguiu ganhar dois encontros seguidos em 2022: desta feita cedeu diante da russa Liudmila Samsonova, 31.ª WTA, por 6-4 e 6-4.

  • Categorias:
  • WTA
José Morgado
Jornalista do Jornal Record e Comentador Sport TV. Ténis 24/7.