Azarenka: «Não ganhei muitos encontros destes nos últimos anos»

Por Bola Amarela - 7 abril, 2019

Custou e demorou, mas Victoria Azarenka encontrou, enfim, o caminho dos grandes triunfos e das tão almejadas finais. A bielorrussa de 29 anos, que nos últimos anos se viu ocupada com a luta pela custódia do filho de quase dois anos e meio, Leo, alcançou a final do WTA International de Monterrey, no México, levando a melhor sobre não outra que Angelique Kerber.

“É incrível”, começou por anunciar a antiga número um mundial após o braço-de-ferro travado com a atual número cinco do ranking. “Estou muito satisfeita com a forma como joguei. Era um encontro importante, e percebi que consigo resistir à pressão imposta por uma jogadora de topo. Não ganhei muitos encontros destes nos últimos dois anos. É bom saber que consigo dar a volta e elevar o nível do meu jogo”, apontou.

Sem disputar um título desde do torneio de Miami de 2016, Azarenka afirma estar a reaprender a lidar com estes encontros. “Estou a habituar-me a voltar a jogar, a tentar tomar as melhores decisões, as melhores escolhes sob pressão. É preciso dar um passo de cada vez. Conseguir fazer isso tudo de uma vez é complicado, mas estou contente por ter conseguido fazê-lo nos momentos importantes”, analisou.

Na final, Azarenla vai defrontar outra antiga líder do ranking, Garbine Muguruza.