Australian Open vai perder 78 milhões de euros com a edição de 2021

Australian Open vai perder 78 milhões de euros com a edição de 2021

Por José Morgado - fevereiro 20, 2021
AusOpen
MELBOURNE, AUSTRALIA – FEBRUARY 10: General view inside Margaret Court Arena as Ajla Tomljanovic of Australia plays a forehand in her Women’s Singles second round match against Simona Halep of Romania during day three of the 2021 Australian Open at Melbourne Park on February 10, 2021 in Melbourne, Australia. (Photo by Cameron Spencer/Getty Images)

É uma tema que promete gerar muita discussão na Austrália durante os próximos tempos. O Australian Open, primeiro torneio da temporada, regista perdas a ronda os 78 milhões de dólares, segundo revelou este sábado o próprio Craig Tiley, responsável máximo da Tennis Australia.

A organização admite que as perdas estão a ser muito maiores do que se esperava, devido ao custo de todos os protocolos sanitários, a enorme quebra na venda de bilhetes (com cinco dias completamente de portas fechadas e os outros a meio-gás) e todos os outros problemas que foram surgindo durante os últimos dois meses.

“Tínhamos 63 milhões de reserva. Vamos utilizá-los e pedir um empréstimo para o restante valor. Estamos confiantes no sucesso da edição de 2022”, confessou Tiley.

 

José Morgado
Jornalista do Jornal Record e Comentador Sport TV. Ténis 24/7.