Auger-Aliassime confiante: «Estou cada vez mais perto do meu grande objetivo»

Auger-Aliassime confiante: «Estou cada vez mais perto do meu grande objetivo»

Por Nuno Chaves - junho 27, 2022

Felix Auger-Aliassime chega a Wimbledon com o objetivo de continuar a dar boas sensações em torneios do Grand Slam, depois de ter caído nos quartos de final do Australian Open para Daniil Medvedev e nos oitavos de final de Roland Garros para Rafa Nadal (ambos foram perdidos no 5.º set). O caminho ainda é longo até chegar ao objetivo mas o canadiano garante estar no bom caminho.

EVOLUÇÃO TENÍSTICA E MENTAL

Há muito mais ordem no meu jogo que há um, vejo-me como um jogador muito mais preciso e consistente. Considero que sempre tive boas pancadas, com qualidade mas ia muito mais por impulso. Deixar o Guillaume Marx foi muito difícil, era um segundo pai para mim. Notei muito como a minha perceção no ténis melhorou com o tempo. Lembro-me que em criança me limitava a ir para o court e executava o que me pediam, com 17 e 18 anos fui entendendo melhor o jogo mas agora sei exatamente o que tenho de melhorar.

PERTO DE GRANDES VITÓRIAS EM GRAND SLAMS

Senti que a vitória estava perto e quando isso acontece e acabas a perder… é muito duro. Ainda assim, fico com o que mostrei e joguei a um grande nível de ténis nestes últimos Grand Slams e isso significa que estou cada vez mais perto do meu grande objetivo.

MALDIÇÃO DAS FINAIS

A verdade é que foi muito duro, sempre esteve na minha mente o facto de perder sempre finais e era consciente da dificuldade que tinha em chegar a essa fase. Quando consegui o meu primeiro título foi um enorme alívio e permitiu-me ver as coisas de outra perspetiva. Agora sei o tipo de jogador que quero ser e o que tenho de melhorar para chegar ao meu máximo potencial.

Nuno Chaves
Jornalista na TVI; Licenciado em Ciências da Comunicação na UAL; Ténis sempre, mas sempre em primeiro lugar.