Após derrota caseira com a Bélgica, selecionador brasileiro da Davis… despediu-se

Por José Morgado - fevereiro 4, 2019

 João Zwetsch  decidiu demitir-se do cargo de selecionador da Taça Davis depois da derrota do Brasil diante a Bélgica no confronto da fase de qualificação da Taça Davis, que decorreu durante o fim-de-semana em Uberlândia, estado de Minas Gerias. O técnico estava no cargo há nove anos e ainda não tem substituto definido pela Confederação Brasileira de Ténis (CBT).

“Eu e a CBT já estávamos a conversar há muito sobre esse ciclo e no meu entendimento chegou o momento de terminar”, afirmou Zwetsch, que tinha colocado o cargo à disposição do comando da CBT no último sábado, quando o Brasil perdeu o confronto para a desfalcada Bélgica (sem Goffin, Bemelmans ou Darcis), por 3-1.

“Foi um ciclo importante, que abrangeu várias gerações de atletas, um ciclo de aglutinação de jogadores, com grandes momentos como a vitória do Brasil sobre a Espanha, com a participação no Grupo Mundial da competição. Toda a equipa temmuito respeito pelo trabalho desenvolvido pelo João, que sempre deu prioridade a um clima de parceria e respeito na equipa, dentro e fora dos courts”, acrescentou Rafael Westrupp, presidente da CBT.

José Morgado
Jornalista do Jornal Record e Comentador Sport TV. Ténis 24/7.