Aliassime e a estreia nos quartos-de-final de um Grand Slam: «Foi a melhor vitória da minha carreira»

Aliassime e a estreia nos quartos-de-final de um Grand Slam: «Foi a melhor vitória da minha carreira»

Por Nuno Chaves - julho 6, 2021
epa09324525 Felix Auger-Aliassime of Canada celebrates winning his 4th round match against Alexander Zverev of Germany at the Wimbledon Championships in Wimbledon, Britain, 05 July 2021. EPA/FACUNDO ARRIZABALAGA EDITORIAL USE ONLY

Felix Auger-Aliassime viveu esta segunda-feira um dos dias mais especiais da carreira, ao qualificar-se pela primeira vez para os quartos-de-final de um Grand Slam.

O jovem canadiano eliminou Alexander Zverev e, no final, estava mais do que satisfeito. “Celebrei de uma forma honesta e genuína porque foi um grande marco para a minha carreira. Foi a melhor vitória da minha carreira. Quero jogar bem nos Grand Slams, ainda para mais em Wimbledon, que é o meu torneio preferido”, começou por dizer.

“Além disso, há que ter em conta como foi a vitória. Foi um jogo com muitos altos e baixos, nos dois primeiros estive por cima, depois perdi os dois seguintes e pude lutar, finalmente, para ganhar em cinco sets. Teve tudo este encontro e isso torna tudo mais especial”, admitiu Aliassime.

E agora que o torneio começa a entrar na fase de todas as decisões, quem é que pode levantar o troféu? “A relva é sempre um pouco diferente do resto, não se jogam tantos encontros por ano e aqueles que gostam e têm experiência podem ter um grande rendimento. Depois estão os grandes campeões como o Djokovic e Federer que continuam a ser os grandes favoritos ao título e será muito difícil de derrotá-los. Além disso, as ausências do Nadal e Thiem abriram um pouco o quadro para que aparecessem outros nomes”, concluiu.

Auger-Aliassime, recorde-se, vai lutar por um lugar nas meias-finais frente a Matteo Berrettini.

Nuno Chaves
Jornalista na TVI; Licenciado em Ciências da Comunicação na UAL; Ténis sempre, mas sempre em primeiro lugar.