Alcaraz, de 17 anos, impressiona e é o primeiro miúdo nascido em 2003 a ganhar num Grand Slam

Alcaraz, de 17 anos, impressiona e é o primeiro miúdo nascido em 2003 a ganhar num Grand Slam

Por José Morgado - fevereiro 9, 2021
alcaraz-ausopen

Carlos Alcaraz, jovem murciano de apenas 17 anos, fez história esta terça-feira ao tornar-se no primeiro miúdo nascido em 2003 a vencer um encontro em quadros principais de torneios de Grand Slam. Para se ter uma ideia da relevância do feito, ainda não houve sequer nenhum tenista de 2002 a vencer um encontro numa das competições mais importantes do calendário.

Alcaraz, número 141 ATP e oriundo da fase de qualificação, derrotou num duelo de qualifiers o holandês Botic van de Zandschulp, 151.º colocado do ranking mundial, por 6-1, 6-4 e 6-4, em menos de duas horas de um duelo que controlou de início ao fim, quase como que parecendo que está habituado a disputar este tipo de encontros.

Alcaraz é o ténis mais jovem desde Thanasi Kokkinakis (um dia mais novo em 2014) a vencer um encontro em torneios de Grand Slam. Junta-se ainda a nomes como Alexander Zverev (1997), Frances Tiafoe (1998), Alex De Minaur (1999), Felix Auger Aliassime (2000) e Jannik Sinner (2001) no lote de tenistas que foram os pioneiros em Grand Slams no seu ano de nascimento.

Carlitos, que passou por uma quarentena exaustiva depois de ter viajado num dos aviões com casos positivos de covid-19, não parece estar afetado pelos 15 dias sem treinar, sendo que na semana passada alcançou a maior vitória da sua carreira, ao bater David Goffin num dos ATP 250 jogados em Melbourne.

José Morgado
Jornalista do Jornal Record e Comentador Sport TV. Ténis 24/7.