A viver um período menos positivo, Osaka despede o segundo treinador da temporada

Por Nuno Chaves - 13 setembro, 2019

Depois de em fevereiro ter terminado de forma surpreendente com Sascha Bajin (tinha acabado de vencer o Open da Austrália), Naomi Osaka despediu pela segunda vez no ano um treinador, agora o norte-americano Jermaine Jenkins.

Os dois trabalharam durante sete meses, ainda assim, a japonesa nunca voltou a reencontrar o nível apresentado no ano passado e a eliminação nos oitavos de final do Open dos Estados Unidos, que a atirou para a quarta posição do ranking mundial, foi decisiva para colocar um ponto final.

Osaka anunciou nas redes sociais o fim. “Estou super agradecida pelo tempo que passámos juntos e as coisas que aprendi dentro e fora do court mas sinto que é o tempo correto para a mudança”, são algumas das palavras da japonesa.

Nuno Chaves
Jornalista na TVI; Licenciado em Ciências da Comunicação na UAL; Ténis sempre, mas sempre em primeiro lugar.